bicicleta

CET implanta “Sexta sem carro” nos dias 12 e 26 de janeiro

Iniciativa busca estimular o uso do transporte coletivo e as pequenas viagens a pé ou de bicicleta

De Secretaria Especial de Comunicação

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) irá fechar nos dias 12 e 26 de janeiro (sextas-feiras), das 6h às 18h, algumas vias do Centro Histórico da cidade ao trânsito de carros e motos. A ação faz parte do programa “Sexta sem Carro”, que no mês de férias acontece em duas sextas-feiras.

No Dia Mundial Sem Carro, o desafio da bicicleta ganha cada vez mais adeptos

Agência Brasil

“A decisão de estacioná-lo para sempre não foi de repente. Eu estava ensaiando há algum tempo. Fui algumas vezes para o trabalho de bicicleta, mas acabava usando o carro para todo o resto. Ele precisou dar os últimos suspiros para me alertar que não aguentava mais e que uma nova vida nos esperava. Fiquei por alguns segundos segurando o volante, olhos umedecidos tentando organizar os sentimentos. No início, senti raiva, logo depois tristeza, gratidão e por fim a aceitação. Fiz um carinho nele, uma lágrima caiu, saí de dentro, tranquei a porta e parti”.

Pedalar em SP agora pode render prêmios

Empresas dão ingressos para o cinema, tênis e viagens para os ciclistas que batem metas

Adriana Ferraz, O Estado de S. Paulo

Em São Paulo, pedalar até o trabalho ou mesmo por esporte pode render ingressos para o cinema, pares de tênis, roupas esportivas, folgas e até viagens. Os prêmios são oferecidos por empresas que incentivam funcionários a trocar o carro ou o transporte público pela bicicleta. Ganha quem acumula mais quilômetros rodados, em uma espécie de game interno.

Projeto que dá recompensa por uso de bicicleta passa na Câmara de SP

LUISA LEITE - COLABORAÇÃO PARA A FOLHA DE S. PAULO

A Câmara Municipal aprovou nesta quarta-feira (24), em segunda votação, um projeto de lei que prevê a criação do "Programa Bike SP", para recompensar financeiramente ciclistas que optam pela bicicleta em seus deslocamentos diários.

A proposta segue agora para avaliação do prefeito Fernando Haddad (PT), que pode vetá-la ou sancioná-la. Se tiver aval do petista, ainda dependerá de regulamentação.

Campanha visa incluir a Bicicleta nos programas de governo dos candidatos

Em 2016, serão eleitos prefeitos e prefeitas e também vereadores e vereadoras da todas as cidades brasileiras. É um momento importante, no qual todos os setores e interesses sociais estarão dialogando e buscando influenciar as políticas futuras das nossas cidades. Nessa lógica, os ciclistas precisam aproveitar esta oportunidade para que os planos de governo dos candidatos contenham propostas direcionadas para a bicicleta como meio de transporte/mobilidade.

Campanha visa incluir a bicicleta nos planos de mobilidade urbana

Iniciativa contempla o Guia "Incluindo a Bicicleta nos Planos", que está disponível e pode ser baixado pela internet.

O Plano de Mobilidade Urbana (PMU) é o instrumento de planejamento e gestão da mobilidade de um município. Ele trata de pensar, desenvolver e propor como se darão os deslocamentos de pessoas e bens em uma cidade, integrado a planos de outras políticas temáticas e que têm relação com a mobilidade urbana, como o uso do solo, moradia, mudanças climáticas, energia, etc.

Cada vez mais, paulistano adota bicicleta para chegar ao trabalho

Por Jornal Metro

A bicicleta tem obtido cada vez mais espaço na capital. Pesquisa realizada pela ONG Transporte Ativo aponta que 91% dos 1.804 entrevistados afirmaram que adotaram a bike para chegar ao trabalho. Para 47,6%, a rapidez e a praticidade são os principais motivos dessa escolha. “A bicicleta já está consolidada como meio de transporte, prova disso é o uso elevado em viagens com mais de 5 km”, diz Daniel Guth, do Ciclocidade. 

Paulistanos usariam a bicicleta como meio de transporte se houvesse mais segurança para ciclistas

Entre as alternativas ao uso do carro para a locomoção na cidade de São Paulo, 44% dos paulistanos garantem que usariam a bicicleta como meio de transporte se houvesse mais segurança para os ciclistas. É o que aponta a pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência, Rede Nossa São Paulo e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), sob o tema Mobilidade Urbana.