concessões

Empresas poderão vender dados de frequentadores dos parques

O anúncio foi feito pela Prefeitura nesta quarta, quando Doria sancionou o projeto que libera parte do pacote de desestatização proposto por sua gestão

Por Estadão Conteúdo

As empresas que assumirem as concessões dos parques municipais de São Paulo poderão vender informações dos frequentadores dessas áreas verdes para garantir o retorno interno dos investimentos que terão de fazer na infraestrutura dessas áreas.

Concessões vão preservar áreas verdes e gratuidade em parques

RAFAEL ITALIANI, DA REDAÇÃO - PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

A Prefeitura garantiu que, em uma eventual concessão dos 107 parques da cidade para a iniciativa privada, eles continuarão com a entrada gratuita e com suas áreas verdes preservadas. A permanência dos permissionários que hoje vendem água, refrigerantes e salgadinhos nos locais também será mantida. Anualmente, cerca de 38,7 milhões de pessoas passam pelos parques da capital paulista.

Doria planeja lançar concessões do transporte público em conjunto

Estratégia é aumentar interesse dos investidores estrangeiros nos editais dos terminais de ônibus e do sistema de bilhete único

Bruno Ribeiro, Enviado especial à China - O Estado de S. Paulo

Para atrair mais a atenção de investidores estrangeiros, a Prefeitura de São Paulo planeja lançar ao mesmo período as três grandes concessões de transporte público: a operação dos terminais de ônibus, das linhas e do sistema de pagamento do bilhete único. Até agora, os processos vinham sendo tratados com cronogramas separados. 

Câmara aprova pacote de concessões de Doria em 1ª votação

DA REDAÇÃO - CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em primeira votação, na noite desta segunda-feira (3/7) por 36 votos favoráveis, 12 contrários e uma abstenção o Projeto de Lei (PL) 367/2017. O Projeto de Lei faz parte do PMD (Plano Municipal de Desestatização) da gestão João Doria (PSDB) e prevê a concessão de equipamentos e serviços municipais à iniciativa privada.

SP faz missão para promover concessões do metrô na Europa

Folha de S. Paulo

Uma missão composta por representantes do governo paulista vai desembarcar, na próxima terça-feira (18), em Bruxelas para promover a concessão das linhas 5-lilás (metrô) e 17-ouro (monotrilho).

A informação foi publicada nesta quinta-feira (13) pelo "Valor Econômico" e confirmada pela Folha.

O secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, e mais dois representantes da pasta terão encontros com executivos dos segmentos de transporte e infraestrutura, além de bancos e fundos de investimentos da Europa.

Plano de concessões de Doria inclui até Ginásio do Ibirapuera

Projeto estima receita de até R$ 10 bilhões com desestatização, que atingirá ainda guincho, sinalização e até recapeamento de rua

Adriana Ferraz, Bruno Ribeiro e Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

A gestão do prefeito João Doria (PSDB) incluiu os serviços de guincho, compartilhamento de bicicleta, recapeamento de rua, sinalização viária, bibliotecas, teatros, museus e até o Ginásio do Ibirapuera no plano de privatizações e concessões que pretende começar a tirar do papel ainda este ano. 

Doria vai criar secretarias de parcerias público privadas e de internet

O prefeito eleito de SP quer executivo do mercado para comandar estrutura de concessões e privatizações

THAIS BILENKY, DANIELA LIMA E MARIO CESAR CARVALHO - FOLHA DE S. PAULO

João Doria (PSDB), prefeito eleito de SP, criará duas pastas, uma voltada a PPPs (parcerias público-privadas) e outra dedicada à digitalização de serviços públicos e à ampliação do acesso à internet. Essa segunda terá o comando do vereador eleito Daniel Annenberg (PSDB).