corredores de ônibus

Doria deixa obras de corredores de ônibus de SP em marcha lenta

Tucano tira R$ 716 milhões de pistas exclusivas e prioriza recapeamento

Thiago Amâncio - Folha de S. Paulo

O prefeito João Doria (PSDB) retirou do Orçamento, em seus 15 meses de mandato, R$ 716 milhões que seriam destinados para construir corredores de ônibus em São Paulo —valor suficiente para implantar quase 30 km de novas pistas exclusivas.

Corredores de ônibus em São Paulo registram pior velocidade média dos últimos 4 anos em 2017

Segundo dados da SPTrans, média das viagens foi de 22,43 km/h, contra 23,38 km/h no ano anterior. Passagem sobe para R$ 4 no próximo domingo (7).

Por Mitchel Diniz e Léo Arcoverde, GloboNews

A velocidade média nos corredores de ônibus de São Paulo em 2017 foi a menor registrada nos últimos quatro anos, segundo dados da própria SPTrans, a empresa municipal de transporte.

Em 2017, a velocidade dos coletivos nas pistas segregadas para o transporte público foi de 22,43 km/h em média. Em 2016, esse número era de 23,38 km/h.

Doria prevê 72 km de corredores de ônibus, mas exclui zona norte e centro

JÚLIA BARBON E ANTONIO MAMMI - FOLHA DE S. PAULO

Mais de seis meses após o início de sua gestão, o prefeito João Doria (PSDB) definiu uma meta para a construção de corredores de ônibus em São Paulo. Serão 72 quilômetros até o final de 2020, concentrados nas zonas leste, sul e oeste –um aumento de 30% em relação à malha atual da cidade, de 238 km.

Audiência discute impacto de corredores de ônibus no Cambuci

Por JELDEAN SILVEIRA, DA REDAÇÃO - Câmara Municipal de São Paulo

Uma audiência pública foi realizada na noite desta quinta-feira (1/10) pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara para discutir reivindicações e sugestões à mudança do tráfego na avenida Lacerda Franco e na avenida Lins de Vasconcelos, após a implantação de corredores exclusivos de ônibus na região.

Haddad recebe 2% da verba de Dilma para creches e corredores

Por FÁBIO TAKAHASHI e GIBA BERGAMIM JR. - Folha de S. Paulo

Eleito com a promessa de ser o prefeito das parcerias com o governo federal, Fernando Haddad (PT) obteve até agora da União só 2% da verba esperada para construção de creches e corredores de ônibus —duas das principais bandeiras de campanha.

Nas eleições, o petista dizia que a prefeitura, então sob o comando de Gilberto Kassab (PSD), não recebia recursos federais porque não pedia.

Pela 2ª vez, TCM barra corredores de ônibus de Haddad

Tribunal suspendeu licitação de R$ 2,4 bi; de acordo com Corte, não há comprovação de recursos para construção e desapropriações.

Por Bárbara Ferreira Santos

O Tribunal de Contas do Município (TCM) suspendeu ontem uma licitação de R$ 2,4 bilhões para a construção de novos corredores de ônibus da cidade, um dos principais projetos da gestão do prefeito Fernando Haddad (PT). 

Táxis não atrapalham ônibus, diz CET

Estudo da companhia mostra que a circulação dos taxistas nas faixas exclusivas não impediu melhora na velocidade dos coletivos.

Por Rafael Italiani