datafolha

Reprovação de Doria triplica em 1 ano, atinge 39% e já é igual à de Haddad

FOLHA DE S. PAULO

Há quase um ano no cargo e hoje considerado carta fora do baralho da próxima eleição presidencial, o prefeito João Doria (PSDB) viu sua reprovação crescer e atingir o mesmo nível de seu antecessor, o petista Fernando Haddad.

Segundo pesquisa Datafolha realizada de terça (28) a quinta (30) da semana passada, 39% dos moradores de São Paulo consideram a gestão tucana ruim ou péssima –exatamente o mesmo índice de desaprovação de Haddad ao final de seu primeiro ano no comando da cidade, em 2013.

Morador de SP considera saúde maior problema da cidade, diz Datafolha

Após os primeiros 30 dias da gestão João Doria (PSDB), a maioria (29%) dos paulistanos considera a saúde o principal problema de São Paulo.

Já a área de segurança passou a ser a segunda maior preocupação dos moradores da cidade –19% dos entrevistados.

Na última pesquisa, de setembro de 2015, 32% viam na saúde o grande drama paulistano. Em seguida, vinham juntos segurança e transporte (13% e 11%, respectivamente).

A pesquisa divulgada no último domingo (12) mostrou que Doria tem 44% de aprovação dos paulistanos.

Pela 1ª vez, corrupção é vista como maior problema do país, diz Datafolha

Pesquisa foi feita em meio à Lava Jato, na semana das prisões de José Carlos Bumlai, Delcídio e André Esteves

POR RICARDO MENDONÇA, EDITOR-ADJUNTO DE "PODER" - FOLHA DE S. PAULO

No ranking de problemas do país conforme a opinião dos brasileiros, a corrupção é, pela primeira vez, a campeã isolada.

Fechamento da Paulista e redução de velocidade dividem paulistanos

POR EDUARDO SCOLESE, EDITOR DE "COTIDIANO" - FOLHA DE S. PAULO

Duas das mais recentes e polêmicas ações do prefeito Fernando Haddad (PT) dividem a opinião dos paulistanos: o fechamento da av. Paulista para carros aos domingos e a redução da velocidade máxima em ruas e avenidas da cidade de São Paulo.

Há empate em relação à mudança da velocidade, segundo pesquisa Datafolha realizada na semana passada. Contrários e favoráveis somam 47% cada, com 4% de indiferentes e 2% que não souberam responder.

Haddad diz que 'tempo' pode reverter má avaliação

Com aprovação de 17%, segundo Datafolha, prefeito fica à frente apenas de Jânio e Pitta

Por ALAN SANTIAGO, da Folha de S.Paulo

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou na tarde de segunda-feira (30) que a baixa aprovação de sua gestão entre paulistanos faz parte de uma "dinâmica natural" de governo.

Após 1 ano e meio, gestão Haddad é aprovada por 17%, diz Datafolha

Por Folha de S. Paulo

Prestes a completar um ano e meio de mandato, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), continua mal avaliado pela população.

Pesquisa Datafolha concluída na semana passada aponta que só 17% dos entrevistados classificam a gestão do petista como ótima ou boa.

O índice é semelhante aos 18% das duas pesquisas anteriores -em junho de 2013, durante a onda de protestos que resultaram na queda da tarifa de ônibus, e em novembro do mesmo ano.

Trânsito da cidade piora na avaliação dos paulistanos

Por Folha de S. Paulo

Os paulistanos acham que o trânsito na cidade de São Paulo está ainda pior, de acordo com o Datafolha.

Para 81% dos entrevistados, o trânsito é ruim ou péssimo. Em setembro, na pesquisa anterior, eram 74% e, em abril de 2008, 87%.

De outro lado, o índice dos que consideram que a situação dos congestionamentos em São Paulo está ótima ou boa é de apenas 4%. Em setembro esse índice era de 9%.

A principal ação do prefeito Fernando Haddad (PT) na área dos transportes foi a ampliação das faixas exclusivas de ônibus na cidade.