edital

TCM vê irregularidades e suspende novo edital de licitação dos ônibus de SP

Auditores apontaram 51 irregularidades. Prefeitura foi notificada nesta sexta.

Por Roberta Giacomoni, G1 SP

O Tribunal de Contas do Município suspendeu nesta sexta-feira (8) o novo edital de licitação do transporte público feito pela gestão do ex-prefeito João Doria (PSDB).

Os auditores do TCM apontaram 51 irregularidades, 2 a mais do que foram apontadas no edital da gestão de Fernando Haddad (PT). Doria não deu continuidade ao edital da gestão anterior.

Licitação dos ônibus de SP será publicada nesta terça e Bruno Covas edita novo decreto sobre concessões

Prefeitura mantém contratos por 20 anos, divisão de lotes e subsistemas como nas minutas, trólebus no Grupo de Articulação Regional e possibilidade de as empresas de ônibus participarem da concessão dos terminais e Bilhete Único.

ADAMO BAZANI - DIÁRIO DO TRANSPORTE  

Os três editais da licitação dos transportes por ônibus na cidade de São Paulo serão publicados nesta terça-feira(24/4).