Educação

Alfabetização de alunos será avaliada na capital paulista

Secretaria Municipal de Educação fará prova anual com estudantes do 2º ano para medir desempenho em Português e Matemática

Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

A Prefeitura de São Paulo vai avaliar, anualmente, o nível de alfabetização dos estudantes da rede pública municipal. A prova será aplicada para os estudantes do 2.º ano do ensino fundamental, a partir do segundo semestre deste ano, e terá como objetivo medir o desempenho dos alunos em Língua Portuguesa (leitura e escrita) e Matemática.

Educação tem 53% das obras federais paradas

De 14,5 mil projetos na fila, 6.874 estão em execução; ministro admite que compromissos ultrapassam R$ 10 bi e devem demandar até 7 anos.

Mais da metade das obras relacionadas a equipamentos educacionais bancados pelo governo federal está parada no País ou ainda nem teve início. São novos prédios escolares e reformas que estão atrasadas, em alguns casos, em mais de três anos.

Professor fica menos em escola mais pobre

Estudo da Fundação Lemann aponta alta rotatividade de docentes e falta de alunos em unidades com nível socioeconômico mais baixo

Isabela Palhares e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

Fila para pré-escola acabou, diz Prefeitura de São Paulo

Em cinco meses, Município criou 10.548 vagas para crianças de 4 e 5 anos com três medidas

Isabela Palhares, O Estado de S.Paulo

Com auditoria na oferta de vagas, mudança do limite de distância para as matrículas e readequação de espaços pedagógicos, a Prefeitura afirma ter conseguido zerar a fila na cidade de São Paulo para a pré-escola, que atende as crianças de 4 e 5 anos. Segundo o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, com as três medidas foram criadas 10.548 vagas nos últimos cinco meses. 

Base Curricular para o ensino médio deve sair até o fim do ano

Especialista critica o ‘fracionamento’ da base; com reforma, 40% da carga horária passará a ser de livre escolha

Isabela Palhares, O Estado de S. Paulo

Adiada após a aprovação da medida provisória que reforma o ensino médio, a Base Nacional Comum Curricular para a última etapa do ensino básico deve ser apresentada e encaminhada ao Conselho Nacional de Educação (CNE) até o fim deste ano, segundo informou o Ministério da Educação (MEC).

São Paulo vai liderar o Ideb entre as capitais até 2019, promete secretário

PAULO SALDAÑA, DE SÃO PAULO, E EDUARDO SCOLESE, EDITOR DE "COTIDIANO" - FOLHA DE S. PAULO

Todos os estudantes da rede municipal de São Paulo, a partir do 2º ano, farão uma revisão de conteúdo nos primeiros 30 dias de aula deste ano. A determinação é do secretário de Educação, Alexandre Schneider.

Doria vai rever material escolar, entrega de leite e transporte a alunos

PAULO SALDAÑA, DE SÃO PAULO, E EDUARDO SCOLESE, EDITOR DE "COTIDIANO" - FOLHA DE S. PAULO

Com graves dificuldades orçamentárias, o prefeito João Doria (PSDB) pretende rever gastos da Secretaria de Educação que não estejam ligados diretamente ao ensino.

O primeiro a ser reduzido deve ser o programa Leve Leite, que hoje atende estudantes da creche ao 9º ano da rede municipal. Segundo o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, a compra de material escolar e o transporte de alunos irão passar por um pente-fino e também podem ser revistos.