estudantes

Justiça dá prazo de 5 dias para manifestantes desocuparem Câmara de SP

Prazo começa a contar quando manifestantes forem intimados. Decisão permite ação da PM 'de forma pacífica' e 'não violenta' após transcorrido o prazo.

Portal G1 SP

A justiça deu nesta quinta-feira (9) prazo de cinco dias para que os estudantes que ocupam o plenário da Câmara Municipal de São Paulo deixem o local. O prazo começa a contar a partir do momento em que os manifestantes forem intimados por um oficial de justiça.

Estudantes dizem que só sairão da Câmara após reivindicações; plebiscito será analisado por vereadores

Cerca de 60 pessoas ocupam a Casa desde o início da tarde de quarta. Plebiscito quer avaliar projetos de privatizações de Doria.

Por Paula Paiva Paulo, G1 SP, São Paulo

Reunidos desde a tarde desta quarta-feira (9) no plenário da Câmara de Vereadores, no Centro de São Paulo, estudantes disseram na manhã desta quinta-feira (10) que não sairão da Casa até que as reivindicações sejam atendidas: plebiscito para análise do pacote de privatizações do prefeito João Doria e a volta do passe livre estudantil durante 24h.

Doria limita horário de viagem com passe livre em ônibus para estudantes

DO "AGORA"

A gestão João Doria (PSDB) mudou as regras para estudantes que usam passe livre na capital e vai reduzir o tempo de uso diário. As alterações foram publicadas na edição deste sábado (8) do "Diário Oficial" da Cidade.

A partir do próximo dia 1º de agosto, quando voltam as aulas, o estudante terá direito a fazer até quatro embarques em um período de duas horas, duas vezes ao dia.

Doria avalia rever critérios de Haddad para reprovação de estudantes em SP

PAULO SALDAÑA - FOLHA DE S. PAULO

Prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB) assumirá em janeiro a responsabilidade pela educação da maior rede municipal do país, com mais de 900 mil crianças e adolescentes matriculados, sendo 425 mil deles no ensino fundamental, e o restante em creches e pré-escolas.

Os níveis de qualidade tiveram avanços na gestão de Fernando Haddad (PT), mas ainda estão longe do ideal. O salto nos índices de reprovação é o que mais preocupa.

Aumenta para 15 número de escolas técnicas ocupadas em São Paulo

Aumentou de 11 para 15, nesta segunda-feira (9), o número de escolas técnicas ocupadas por estudantes secundaristas em São Paulo, de acordo com o Centro Paula Souza.

O centro, responsável pela administração das escolas técnicas do governo Geraldo Alckmin (PSDB), disse que, em relação a domingo (8), cinco escolas foram ocupadas –as unidades não foram informadas.

Uma escola foi desocupada, a Etec Getúlio Vargas, no Ipiranga, zona sul.

Alvo de protesto, técnicas de SP têm nota estagnada e abaixo de federais

Escolas de elite na rede estadual, Etecs não registram melhora no Enem entre 2010 e 2014. Unidades do sistema federal têm, em média, 20 pontos a mais no exame; diferença é pequena, diz governo 

ANDRÉ MONTEIRO E PAULO SALDAÑA - FOLHA DE S. PAULO

No centro de uma queda de braço entre alunos e o governo, as Etecs, escolas técnicas da gestão Geraldo Alckmin (PSDB), registram estagnação no Enem e desempenho pior do que o dos colégios da rede federal no exame.

Estudantes da rede estadual invadem Assembleia e cobram CPI da Merenda

Alunos dos ensinos médio e técnico tomaram plenário para pedir investigação sobre desvios de recursos; principal alvo de denúncias, presidente da Casa, Fernando Capez, admite pedir reintegração de posse. Parlamentar do PT teria ajudado invasores

FABIO LEITE E BRUNO RIBEIRO - O ESTADO DE S. PAULO

Passe livre estudantil passa a valer em trens e no metrô

Têm direito ao benefício alunos da rede pública ou privada de baixa renda. Lei prevê limite de 48 viagens por mês; ano letivo nas escolas estaduais começou há mais de duas semanas

DE SÃO PAULO, DO "AGORA"