fila

Gestão Doria matricula crianças em creche que ainda está em construção

Para cumprir calendário, unidade conveniada no Butantã – que já recebeu R$ 311 mil da prefeitura – deveria ficar pronta até 5 de fevereiro. Mas conclusão é estimada em mais 90 dias

Por Rodrigo Gomes, da RBA 

Geralda (nome fictício a pedido da fonte) recebeu um telefonema informando que conseguiu uma vaga em creche no município de São Paulo para sua filha de 10 meses. Bastava comparecer ao local indicado com os devidos documentos para fazer a matrícula. Mas a alegria durou pouco. E logo virou preocupação.

Sob Doria, fila para exames cai, mas cresce demanda por consulta e cirurgia

Com programa de mutirão Corujão da Saúde, prefeito conseguiu reduzir em 61% o número de pacientes que aguardam exame no SUS da rede municipal; em contrapartida, fila por consultas de especialidades e cirurgia aumentou em relação à da gestão anterior

Bianca Gomes e Fabiana Cambricoli, O Estado de São Paulo

Ação de Doria tem gargalo com 1.704 sem-teto em fila à espera de emprego

MARIANA ZYLBERKAN - FOLHA DE S. PAULO

Em março, o prefeito João Doria (PSDB) gravou um vídeo atrás de um balcão do McDonald's para anunciar a promessa de contratação de cem moradores de rua até o fim do ano pela rede de lanchonetes.

O anúncio trouxe visibilidade para o programa Trabalho Novo, criado pela gestão para dar emprego aos sem-teto que vivem nos centros de acolhimento na cidade.

Fila para pré-escola acabou, diz Prefeitura de São Paulo

Em cinco meses, Município criou 10.548 vagas para crianças de 4 e 5 anos com três medidas

Isabela Palhares, O Estado de S.Paulo

Com auditoria na oferta de vagas, mudança do limite de distância para as matrículas e readequação de espaços pedagógicos, a Prefeitura afirma ter conseguido zerar a fila na cidade de São Paulo para a pré-escola, que atende as crianças de 4 e 5 anos. Segundo o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, com as três medidas foram criadas 10.548 vagas nos últimos cinco meses. 

Gestão Doria fecha espaço de lazer e leitura para criar vaga na pré-escola

GIBA BERGAMIM JR. E PAULO SALDAÑA - FOLHA DE S. PAULO

Com o objetivo de ampliar vagas na educação infantil, a gestão João Doria (PSDB) tem fechado espaços como brinquedotecas e salas de leitura nas escolas para criar salas de aula para atender crianças de 4 e 5 anos. Professores e especialistas afirmam que essa política de expansão pode precarizar o ensino.

A medida foi informada às escolas, a partir do final de março, em e-mail da Secretaria de Educação. Salas de informática e vídeo também têm sido transformadas em novas classes de pré-escola.

Fila da creche ganha quase 23 mil nomes na gestão Doria

Lucilene Oliveira, do Agora

No primeiro trimestre da gestão João Doria (PSDB), 22.866 crianças entraram na fila por uma vaga em creche na capital.

Ao todo, a demanda subiu 35% em relação ao último balanço publicado em dezembro de 2016.

No início do ano, a fila tinha 65.080 nomes.

Em março chegou a 87.906.

Segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal da Educação, foram criadas apenas 2.943 vagas nos três primeiros meses do ano, o equivalente a 12,8% das solicitações feitas até março.