Geraldo Alckmin

Alckmin vai relançar sistema que já custou R$ 30 milhões e não funciona

ROGÉRIO PAGNAN E JÚLIA BARBON - FOLHA DE S. PAULO

O governo de São Paulo vai relançar seu principal sistema de segurança, que ainda não funciona como prometido, mesmo depois de quase três anos de sua apresentação oficial e cerca de R$ 30 milhões envolvidos.

O programa, batizado de Detecta e importado de Nova York, foi anunciado em 2014 durante a campanha de reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB) como a mais moderna ferramenta de combate ao crime no mundo.

Alckmin estuda conceder trem do Aeroporto de Cumbica à iniciativa privada

Ligação entre capital e Guarulhos está prevista para março; governador diz que crise política não atrapalha planos

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta terça-feira, 6, que a administração está estudando conceder à iniciativa privada a operação da Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que vai ligar a capital paulista ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O governo promete inaugurar o ramal em março do ano que vem.

Alckmin avalia nova licitação em 'linha das universidades' do metrô de SP

RODRIGO RUSSO - FOLHA DE S. PAULO

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) já considera promover uma nova licitação para levar adiante a construção e operação da linha 6-laranja do metrô. As obras estão paradas, e as empresas hoje responsáveis pela empreitada estão com dificuldades em obter empréstimos de longo prazo.

Governo Alckmin planeja privatização da linha 2-verde do metrô de SP

RODRIGO RUSSO - FOLHA DE S. PAULO

Para concretizar a antiga promessa de estender a linha 2-verde do metrô até Guarulhos (Grande São Paulo), a gestão Geraldo Alckmin (PSDB) estuda conceder esse ramal à iniciativa privada.

A proposta de viabilizar a expansão da linha –da Vila Prudente à Dutra, com 14 km e 13 novas estações– dessa forma foi incluída em apresentação da direção da companhia obtida pela Folha.

Alckmin congela R$ 1,2 bi em investimentos para 2017

Governador publicou decreto contingenciando, ao todo, R$ 5 bilhões do Orçamento deste ano, incluindo despesas correntes e gastos com pessoal

Bruno Ribeiro e Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) decidiu congelar R$ 1,2 bilhão em investimentos previstos para este ano em todo o Estado. O valor corresponde a 9% dos cerca de R$ 13 bilhões que o governo previa aplicar em obras e programas ao longo de 2017.

Alckmin quer R$ 120 milhões por 2 linhas do Metrô

Linhas 5-Lilás e 17-Ouro ainda estão em construção, na zona sul de São Paulo, e já custaram R$ 10 bilhões; prazo da concessão será de 30 anos

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

Aposentadorias disparam, e Polícia Civil de São Paulo encolhe

POR ROGÉRIO PAGNAN - FOLHA DE S. PAULO

Os pedidos de aposentadoria de policiais civis de São Paulo tiveram uma explosão de mais de 800% em dez anos e agravaram a falta de equipes para investigar crimes.

Neste ano, apenas até agosto, 1.260 escrivães, investigadores e delegados pediram desligamento, contra 139 solicitações em 2006 inteiro.

Como não há reposições na mesma escala, isso significa um encolhimento da polícia investigativa –que perdeu uma em cada seis vagas preenchidas nesse período.

Estado quer arrecadar R$ 30 milhões com patrocínios em parques urbanos

Plano inclui ‘adoção’ de áreas e serviços de Villa-Lobos, Cândido Portinari, Água Branca, da Juventude, Belém, Horto Florestal e do Guarapiranga

Giovana Girardi - O Estado de S.Paulo

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) pretende arrecadar entre R$ 10 milhões e R$ 30 milhões por ano com o patrocínio de ativos dos parques urbanos estaduais da capital paulista. O plano, apresentado ontem pelo secretário de Meio Ambiente, Ricardo Salles, prevê investimento da iniciativa privada nas unidades, em troca de propaganda, além de exploração de alguns serviços.