IBGE

Em São Paulo, 674 mil vivem em áreas de risco; no Brasil, total chega a 8,2 mi

Metade dos brasileiros que moram em locais com deslizamentos de terra, inundações e enxurradas frequentes está na Região Sudeste, segundo estudo inédito do IBGE. Para especialista, se nada for feito, situação ficará pior com aquecimento global

Roberta Jansen, O Estado de S. Paulo

Mobilidade ativa e sustentável no Censo 2020

Cidadeapé, Rede Nossa São Paulo, Programa Cidades Sustentáveis e mais 51 organizações ligadas à mobilidade ativa e sustentável fazem sugestões para o IBGE aprimorar a coleta de dados sobre transporte no próximo Censo

Em 2020 o IBGE realizará o Censo Demográfico brasileiro. O objetivo é delinear um retrato da população do país e de suas características socioeconômicas, e com isso ter uma base sobre a qual desenvolver planejamento público e privado da próxima década – incluindo na área de mobilidade urbana.

Cerca de 13 milhões ainda vivem em pobreza extrema no Brasil, diz IBGE

LUCAS VETTORAZZO, DO RIO - FOLHA DE S. PAULO

O Brasil tinha em 2016 cerca de 13,4 milhões de pessoas vivendo em condição de pobreza extrema, divulgou o IBGE nesta sexta-feira (15).

De acordo com a pesquisa Síntese dos Indicadores Sociais, com dados do ano passado, 6,5% da população vivia com até US$ 1,90 por dia no país.

A nota de corte considera a classificação de pobreza extrema definida pelo Banco Mundial. Quando convertido para o câmbio da época, o rendimento dessas pessoas fica em R$ 133,70 por mês. O dado não possui base de comparação com outros anos.

Brasil tem quase 1 milhão de crianças e adolescentes em trabalho irregular

JOANA CUNHA, ENVIADA ESPECIAL AO RIO - FOLHA DE S. PAULO

O trabalho infantil atingia 1,8 milhão de crianças e adolescentes no Brasil em 2016. Cerca de 998 mil delas, em situação irregular.

Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (29) pelo IBGE, havia, no ano passado, 30 mil crianças entre 5 a 9 anos de idade trabalhando e outras 160 mil entre no grupo de 10 a 13 anos.

Renda do 1% mais rico é 36 vezes a da média da metade mais pobre, diz IBGE

JOANA CUNHA, ENVIADA ESPECIAL AO RIO - FOLHA DE S. PAULO

Os brasileiros que formam o grupo do 1% da população que tem os rendimentos mais elevados receberam em 2016, em média, 36,3 vezes o equivalente ao que foi recebido pelos que estão na metade da população que tem os menores rendimentos.

A comparação faz parte das conclusões da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), que o IBGE divulga nesta quarta-feira (29).

Quase 75% das crianças de menos de quatro anos não vão à creche

LUIZA FRANCO, DO RIO - FOLHA DE S. PAULO

Quase 75% de crianças brasileiras com menos de quatro anos de idade não vão à creche. São 7,7 milhões nessa situação de um total de 10,3 milhões, de acordo com pesquisa inédita do IBGE com base em dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) 2015.