Lei de Acesso à Informação

SP tem quase 2 professores agredidos ao dia; ataque vai de soco a cadeirada

ANGELA PINHO E DANIEL MARIANI - FOLHA DE S. PAULO

A cada dia, em média, quase dois professores são agredidos em seus locais de trabalho no Estado de São Paulo, mostram dados de registros policiais obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação.

O número leva em conta as 178 queixas de educadores em delegacias no primeiro semestre deste ano em datas do calendário escolar (dias úteis do período de fevereiro a junho).

Doria demite controladora-geral do Município

Laura Mendes de Barros será substituída por profissional do Tribunal Regional Eleitoral; secretário nega insatisfação com trabalho da procuradora

Bruno Ribeiro e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

A gestão João Doria (PSDB) trocou nesta quinta-feira, 17, a controladora-geral do Município, Laura Mendes, responsável pelo órgão da Prefeitura que tem o objetivo de apurar e corrigir irregularidades administrativas e combater a corrupção. Em seu lugar, assumirá Guilherme Mendes, atual ouvidor de São Paulo.

Secretário infla dados sobre resgate de moradores de rua

Por William Cardoso, do Agora

O secretário municipal da Assistência Social, Filipe Sabará, inflou números sobre atendimento a moradores de rua feitos pela Cape (Coordenadoria de Atendimento Permanente e de Emergência) no primeiro semestre.

Em reportagem publicada no dia 10 de julho, Sabará, secretário da gestão João Doria (PSDB), afirmou ao Agora que houve um aumento de 119% nos chamados ao telefone 156 para resgate de moradores de rua na comparação entre o primeiro semestre de 2016 e o de 2017.

Nos cinco anos da LAI, evento discute limites entre direitos à informação e à privacidade

Debate foi organizado pela Rede pela Transparência e Participação Social, em São Paulo

No dia em que a Lei de Acesso à Informação (LAI) completou cinco anos de vigência, no último dia 16, diversas organizações da sociedade civil reuniram-se no Centro de Pesquisa e Formação do SESC, em São Paulo, para debater as transformações ocorridas no âmbito do direito à informação no Brasil, além dos conflitos existentes com o direito à privacidade.

Polícia de Alckmin só prende em 1 de cada 5 casos no setor de homicídios

ARTUR RODRIGUES - FOLHA DE S. PAULO

Somente resulta em prisão um em cada cinco inquéritos policiais abertos pelo departamento que investiga homicídios em São Paulo.

Essa radiografia do braço da Polícia Civil, subordinada ao governo de Geraldo Alckmin (PSDB), aparece em dados de produtividade obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação.

Evento debaterá transparência nas eleições municipais e Lei de Acesso à Informação. Participe!

Promovido pela RETPS, evento acontece nesta quarta-feira (18/5) e reunirá organizações da sociedade civil e representantes de órgãos públicos. Participe!

Nesta quarta-feira (18/5), a partir das 18h30, a RETPS (Rede pela Transparência e Participação Social) promove o debate “Eleições Municipais: 4 anos de Lei de Acesso à Informação e a Transparência nos Municípios”.