Milton Leite

Projeto prevê volta da inspeção veicular na capital paulista

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

O presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (DEM), aliado do prefeito João Doria (PSDB), pretende colocar em primeira votação nesta quinta-feira, 9, um projeto de lei que prevê a volta da inspeção veicular na cidade no fim de 2018, com multas que chegam a R$ 5 mil por veículo, em caso de desrespeito. O Projeto de Lei 300/2017 estabelece ainda um prazo de 20 anos para que os ônibus da cidade deixem de emitir dióxido de carbono (CO2), poluente associado ao efeito estufa. 

Presidente da Câmara propõe volta da inspeção veicular em SP

Alvo de protestos por tentar adiar em 20 anos a renovação da frota de ônibus com energia limpa, vereador Milton Leite apresenta projeto que obriga Prefeitura a retomar controle de emissão de poluentes em todos os veículos da capital

Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

Prefeitura de SP convoca prefeito interino a pagar R$ 9 mi em multas

Secretaria do Verde e do Meio Ambiente dá prazo de cinco dias para que Milton Leite (DEM) pague duas multas por danos ambientais que teria cometido em sítio que fica em área de proteção permanente em Parelheiros

Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

Cabo eleitoral de Doria, Milton Leite, do DEM, vai presidir a Câmara de SP

ARTUR RODRIGUES, GIBA BERGAMIM JR. E EDUARDO GERAQUE - FOLHA DE S. PAULO

Com apoio do prefeito João Doria (PSDB), o paulistano Milton Leite (DEM), 60, foi eleito presidente da Câmara Municipal de São Paulo para um mandato de um ano.

Em eleição na tarde deste domingo (1º) logo após a posse dos vereadores, ele obteve 50 dos 55 votos da Casa. Um dos veteranos da Câmara paulistana, Leite foi pivô de um racha dentro do PSDB, ao desbancar um tucano puro sangue, Mario Covas Neto, filho do ex-governador Mario Covas, eleito vereador e que aspirava ao cargo.