mobilidade urbana

Falhas graves em edital de ônibus de SP não foram corrigidas

Prefeitura de SP apresenta edital final da licitação de ônibus com falhas que prejudicam a livre concorrência

Na segunda-feira (21), o Idec, Greenpeace e Rede Nossa São Paulo enviaram à Prefeitura de São Paulo uma avaliação da versão final do edital de licitação de ônibus. Para as organizações, o documento traz avanços, mas falhas graves para o sistema de transportes da cidade não foram corrigidas.

Prefeitura lança chamamento público para modernização da rede semafórica

Objetivo é criar uma nova rede, com redução da incidência de falhas e a melhoria do tráfego urbano; subsídios deverão ser entregues até 2 de abril.

A Prefeitura publica nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial, um edital de chamamento público para receber subsídios preliminares para a estruturação de uma parceria com a iniciativa privada para a modernização da rede semafórica da cidade. Os investimentos são estimados em mais de R$ 1 bilhão, mas uma estimativa mais precisa só será possível após o recebimento dos subsídios entregues pelos participantes.

O novo plano da prefeitura para os ônibus traz riscos ao transporte em São Paulo? SIM

POR AMÉRICO SAMPAIO, GABRIELA VUOLO E RAFAEL CALABRIA - TENDÊNCIAS/DEBATES DA FOLHA DE S. PAULO

PROJETO NÃO GARANTE MELHORIA DO SERVIÇO

Não é todo dia que se abre uma janela como esta para discutir a cidade. A licitação dos ônibus municipais não só vai escolher quais empresas vão operar em São Paulo, como também definirá como o sistema será estruturado, pelo menos durante os próximos 15 anos.

Brasileiros estão cientes da importância de mudar escolhas de transporte

Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil

Um estudo encomendado pelo Instituto Clima e Sociedade (ICS), organização não governamental (ONG) dedicada ao combate às causas das mudanças climáticas, indica que os brasileiros têm consciência da importância de mudar suas escolhas de transporte e priorizar a energia limpa.

A cada 3 dias capital de SP tem 2 casos de abuso sexual no transporte público

Dados são da Secretaria da Segurança Pública do Estado e são relativos apenas ao casos registrados no mês de setembro

POR ALEXANDRE PELEGI - DIÁRIO DO TRANSPORTE

Os dados são da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP): foram registrados 388 casos de abuso sexual no transporte coletivo da região metropolitana apenas no mês de setembro, que sequer terminou.

Estes dados não contam os três novos casos que ocorreram nesta quarta-feira (dia 28), o que eleva o número de ocorrência a 391, média de 1,4 casos por dia.

Fórum discute demolição do Minhocão e extinção de terminais de ônibus

Apesar de ser abastecido com linhas de metrô, trem e ônibus, o centro de São Paulo também tem falhas de transporte e problemas de mobilidade, avaliam habitantes e frequentadores.

A demolição do Minhocão, a instalação de uma linha circular de ônibus e a extinção dos terminais foram algumas das reivindicações debatidas nesta manhã de quarta-feira (20) no fórum Revitalização do Centro.

Rede Nossa São Paulo e Cidade dos Sonhos lançam 11ª edição da Pesquisa de Mobilidade Urbana

Privatização do bilhete único e assédio sexual no transporte público são as novidades desta edição. 

Realizada desde 2007 em parceria com o Ibope Inteligência, a Pesquisa de Mobilidade Urbana revela a percepção da população em relação ao trânsito e ao transporte público na cidade de São Paulo. Os resultados do levantamento deste ano ganham ainda mais relevância tendo em vista que a Prefeitura de São Paulo está para lançar o edital de licitação dos ônibus.

Para Semana da Mobilidade, prefeitura de São Paulo recria imagem que mostra vantagem do transporte público no espaço urbano

Cidade de São Paulo terá diversas atividades, desta vez, com mais interação nas mídias sociais

Adamo Bazani - Diário do Transporte

A imagem é clássica, mas diante ainda do privilégio que o transporte individual recebe em praticamente todo país, vale a pena reproduzi-la.

Além de contribuir com a redução da poluição, o transporte público auxilia no melhor aproveitamento do espaço urbano.

Justiça derruba exigência e permite que Doria retire cobrador de ônibus

O Tribunal de Justiça de São Paulo considerou inconstitucional lei de novembro de 2001 que obrigava a prefeitura paulistana a manter cobradores nos ônibus da cidade. Com isso, o prefeito João Doria (PSDB) poderá levar adiante o seu projeto de extinguir aos poucos a função.