multas

Câmara de SP aprova anistia de dívidas de IPTU e multas às igrejas

Benefício aos templos religiosos foi incluído pela gestão Doria no projeto que cria o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) de débitos com a Prefeitura por pressão da 'bancada cristã'

Fabio Leite, O Estado de S.Paulo

Multas por barulho do programa Psiu despencam no início da gestão Doria

O prefeito João Doria (PSDB) mandou um recado enfático no começo de fevereiro, ao participar de uma blitz da lei do barulho, que lacrou um bar no Tatuapé (zona leste de São Paulo): "Isto a partir de agora serve de alerta para os donos de estabelecimentos. A lei do Psiu agora volta, e volta para valer".

Os resultados da fiscalização no começo de 2017, no entanto, têm indicado uma situação bem diferente da fala dura adotada pelo tucano.

Prefeitura de SP convoca prefeito interino a pagar R$ 9 mi em multas

Secretaria do Verde e do Meio Ambiente dá prazo de cinco dias para que Milton Leite (DEM) pague duas multas por danos ambientais que teria cometido em sítio que fica em área de proteção permanente em Parelheiros

Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

Arrecadação com multas de trânsito aumenta 56%

Com João Doria no poder, prefeitura tem receita de R$ 159,2 mi com infrações em março, ante R$ 97,4 mi no mesmo mês de 2016

Jornal Destak São Paulo 

Na gestão de João Doria (PSDB), a prefeitura aumentou em 56,2% a arrecadação real com multas de trânsito em março na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando Fernando Haddad (PT) estava no poder.

O montante arrecadado com o pagamento de infrações no terceiro mês deste ano chegou a R$ 159,2 milhões, ante R$ 97,4 milhões em março de 2016.

Código de Obras sancionado por Doria prevê desconto de 90% em multas a igrejas

Projeto foi aprovado pela Câmara ainda na gestão Fernando Haddad e estava suspenso pela Justiça; novo texto tenta desburocratizar obras na cidade.

Por Márcio Pinho, do Portal G1

Quase um ano após a aprovação pela Câmara de São Paulo, o novo Código de Obras da cidade foi sancionado pelo prefeito João Doria (PSDB) e publicado no Diário Oficial nesta quarta-feira (10). As novas regras incluem uma redução de até 90% no valor de multas a serem aplicadas caso o infrator seja um templo religioso.

São Paulo arrecadou apenas 1,4% das multas aplicadas pela Lei das Calçadas

De maio de 2013, quando a lei foi sancionada, a abril deste ano, Prefeitura recebeu R$ 1 milhão dos R$ 77,5 milhões devidos; Coordenação das Subprefeituras reconhece problema, mas não explica com exatidão por que o valor não foi pago pelos munícipes

Gabriela Caesar e Luciana Amaral - O Estado de S. Paulo