pesquisa

Classe política enfrenta rejeição generalizada

A pouco mais de um ano da eleição, pesquisa Ipsos revela que só 6% se sentem representados pelos políticos nos quais já votaram e apenas 50% defendem a democracia

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

A pouco mais de um ano das eleições para a Presidência, os governos estaduais e o Congresso Nacional, os brasileiros manifestam rejeição generalizada à classe política, independentemente de partidos, e ao atual modelo de governo. Segundo pesquisa do instituto Ipsos, apenas 6% dos eleitores se sentem representados pelos políticos em quem já votaram.

Etanol nos veículos reduz a poluição por nanopartículas

Em entrevista ao CBN São Paulo, Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física da USP, afirma que as pessoas que vivem em São Paulo convivem com a possibilidade de terem problemas graves de saúde por conta da condição do atmosfera. Pesquisa reforça ainda a necessidade de políticas públicas voltadas para o tema.

Confira aqui a entrevista.

 

1 a cada 3 brasileiros tem medo de violência e da polícia, aponta pesquisa

FERNANDA MENA - FOLHA DE S. PAULO

Um a cada três brasileiros tem medo da violência urbana nas ruas de seu bairro tanto quanto da Polícia Militar, que deveria remediá-la. É o que mostra pesquisa inédita do Datafolha sobre medo e percepção de segurança.

Realizado em 194 municípios do país, o levantamento apontou que 49% dos brasileiros têm medo de ser alvo de violência por parte da Polícia Militar e 60% têm medo de andar nas ruas da vizinhança depois do anoitecer. Um terço (35%), no entanto, tem medo das duas coisas.

Jovem avalia sociedade como pouco ética e julga não poder mudar cenário

FERNANDA PEREIRA NEVES - FOLHA DE S. PAULO

 

O meio em que vivemos não é nada favorável à adoção de ações éticas". A afirmação do presidente executivo do Instituto Etco, Edson Vismona, resume o que os jovens pensam sobre ética no Brasil.

Segundo pesquisa feita pela entidade, em parceria com o Datafolha, 90% dos brasileiros de 14 a 24 anos avaliam a sociedade como pouco ou nada ética, enquanto apenas 4% a consideram muito ética.

Para especialistas, problemas em escolas levam a mais desigualdade

Pesquisa conduzida pela Fundação Lemann mostra que colégios com alunos mais pobres têm mais rotatividade de professores, menos alunos interessados nas vagas existentes e diretores menos experientes

Isabela Palhares e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

Evento debaterá resultados da pesquisa "Que Segurança Pública Queremos?"

Nesta quarta-feira (10/05), a partir das 19h, o Ação em Debate aborda os resultados da publicação "Que Segurança Pública Queremos? - Pesquisa Qualitativa sobre Segurança Pública".

A pesquisa, realizada em 2016 em Sapopemba e São Mateus, mapeou a visão sobre segurança pública de um grupo de 180 jovens, profissionais e moradores/as destes dois bairros da periferia leste de São Paulo. O que pensam sobre as políticas públicas nesse campo? Quais problemas são vivenciados?