pobres

No Brasil, 55% da renda fica com os 10% mais ricos

País só perde para o bloco de países do Oriente Médio, segundo relatório inédito realizado por pesquisadores da Escola de Economia de Paris

Andrei Netto, correspondente, O Estado de S.Paulo

Cresce diferença de nota entre escolas públicas ricas e pobres

Considerando os 20% com nível socioeconômico mais baixo e os 20% de nível mais alto, desigualdade saltou 139% em Matemática 

POR LUIZ FERNANDO TOLEDO - O ESTADO DE S. PAULO

A diferença de desempenho escolar entre as escolas públicas mais pobres e mais ricas no Brasil aumentou desde 2005. É o que mostra a comparação no rendimento dos estudantes de nível socioeconômico (NSE) mais baixo e mais alto na Prova Brasil, avaliação oficial do governo federal que mede desempenho em Língua Portuguesa e Matemática a cada dois anos.