prefeito João Doria

Doria prevê 72 km de corredores de ônibus, mas exclui zona norte e centro

JÚLIA BARBON E ANTONIO MAMMI - FOLHA DE S. PAULO

Mais de seis meses após o início de sua gestão, o prefeito João Doria (PSDB) definiu uma meta para a construção de corredores de ônibus em São Paulo. Serão 72 quilômetros até o final de 2020, concentrados nas zonas leste, sul e oeste –um aumento de 30% em relação à malha atual da cidade, de 238 km.

Estatuto do Pedestre é sancionado pelo prefeito João Doria

DA REDAÇÃO - CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO 

A sanção do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), ao Projeto de Lei (PL 617/2011), de José Police Neto (PSD) e outros vereadores, foi publicada na última quarta-feira (14/6) no Diário Oficial. A medida prevê que um terço de receitas vindas do Fundurb (Fundo de Desenvolvimento Urbano), operações urbanas e concessões urbanísticas priorize as viagens à pé.

De acordo com a nova legislação, os recursos deverão ser investidos em intervenções como a melhoria da iluminação das calçadas e o aumento do tempo de travessia nos semáforos.