prefeitura

Dívida com empresas de ônibus cresce R$ 81 milhões com Doria

Valores são referentes à operação do sistema e chegam a R$ 324,1 milhões

Do Metro Jornal 

A dívida da Prefeitura de São Paulo com as empresas que operam os ônibus da capital tem crescido na gestão João Doria (PSDB). Segundo a atualização mais recente das planilhas da SPTrans – empresa municipal que gerencia o sistema –, do último dia 10, o saldo devedor é de R$ 324,1 milhões.

Doria anuncia doação para despoluir lago do Parque do Ibirapuera em 2 anos

Empresa francesa, responsável pela despoluição do Rio Sena, fará o serviço. Prefeitura já recebeu mais de R$ 617 milhões em doações desde o início do ano.

Por G1 SP, São Paulo

O prefeito João Doria (PSDB) informou na tarde de sexta-feira (12) que irá despoluir o lago do Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo, por meio de uma doação. A declaração foi feita em um vídeo postado no Facebook na página do prefeito.

Doria decide criar Parque Augusta e vai oferecer terrenos a construtoras

Prefeito informou Ministério Público que já negocia com Setin e Cyrela; para secretário, caso deve ser resolvido em 30 dias

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

A Prefeitura de São Paulo acatou proposta do Ministério Público Estadual para viabilizar a construção do chamado Parque Augusta, no centro da capital. A gestão João Doria (PSDB) vai oferecer terrenos públicos para indenizar as construtoras Setin e Cyrela, donas da área, e fará o parque, mantendo a área verde em 100% do lote de propriedade das empresas, que antes abrigaria arranha-céus. 

Audiências temáticas sobre Programa de Metas têm pouca participação

Entre as possíveis razões para a baixa frequência estão a realização simultânea dos cinco eventos e o desafio de relacionar as propostas de metas da Prefeitura com as demandas locais e setoriais da população 

Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo

#MetasDeSP: Meta 1 prevê aumentar cobertura da atenção primária à saúde para 70% na cidade

De acordo com dados da proposta do Programa de Metas apresentada pela Prefeitura de São Paulo, índice base seria 61,3% (2016); Meta e ações ainda não estão regionalizadas 

Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo

Na primeira versão do Programa de Metas 2017-2020 apresentado pela Prefeitura de São Paulo, a meta 1 promete “aumentar a cobertura da atenção primária à saúde para 70% na cidade de São Paulo”. Para alcançar a porcentagem prevista nos próximos quatro anos, a gestão Doria partiria do índice base de 61,30% (2016).        

Prefeitura de São Paulo tem 31 obras paradas e quatro contratos suspensos

A lista inclui 17 creches, 6 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), 3 obras viárias, entre elas o túnel ligando as Avenidas Sena Madureira e Ricardo Jafet, 3 escolas, 2 corredores de ônibus (M’Boi Mirim e Radial Leste), o terminal do Jardim Ângela, o hospital da Brasilândia, a canalização do córrego Mirassol e a reforma dos boxes do autódromo de Interlagos

Fabio Leite e Priscila Mengue - Folha de S. Paulo

Prefeitura de SP para de divulgar reclamações de cidadãos

Relatório de reclamações da ouvidoria era divulgado mensalmente, mas gestão do prefeito João Doria ainda não publicou nenhum após três meses; governo alega falha técnica

Luiz Fernando Toledo, O Estado de S.Paulo

A Prefeitura de São Paulo interrompeu a divulgação das estatísticas de reclamações sobre seus serviços. Desde o início da gestão do prefeito João Dória (PSDB) não se publica mais o relatório mensal de denúncias feitas por cidadãos à ouvidoria do município.