privatizações

CEUs só saem se chegar dinheiro de privatizações, diz secretário de Doria

PAULO SALDAÑA - FOLHA DE S. PAULO

Há pouco mais de um ano à frente da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, Alexandre Schneider prevê um 2018 ainda de dificuldades orçamentárias –menores que as de 2017, mas ainda consideráveis, diz ele.

A retomada de obras paralisadas de 14 CEUs (Centros de Educação Unificada), por exemplo, depende do sucesso de privatizações previstas pelo prefeito João Doria (PSDB). Mesmo ao ressaltar esses desafios, Schneider comemora avanços. Cita a elaboração do currículo municipal, o projeto de tecnologia e a expansão das creches.

Tribunal de Contas e Câmara travam cronograma de privatizações de Doria

GUILHERME SETO - FOLHA DE S. PAULO

A atuação do Tribunal de Contas do Município de São Paulo e a resistência de vereadores da própria base governista se tornaram entraves ao cronograma de desestatizações do prefeito João Doria (PSDB) –e motivo de incômodo na gestão tucana, que tem nesses projetos uma de suas principais bandeiras políticas.

Após ano de cortes, Doria aposta em privatizações para investir R$ 5,5 bi

Cotado como candidato à Presidência, prefeito prevê na proposta orçamentária de 2018 arrecadar R$1 bi com vendas e concessões

Bruno Ribeiro e Fabio Leite, O Estado de S.Paulo

Depois de um ano de cortes nas despesas da cidade, a gestão João Doria (PSDB) prevê investir na capital paulista R$ 5,5 bilhões em 2018. Cotado como candidato à Presidência ou ao governo do Estado, o prefeito pode deixar o cargo já no ano que vem para disputar a eleição. 

Organizações discutem os limites da relação público-privado na gestão da cidade de São Paulo

O papel do poder público, a função social da cidade e o Plano Municipal de Desestatização serão alguns dos temas abordados durante os 3 encontros do evento.

O Plano Municipal de Desestatização da atual gestão será o tema central de um ciclo de debates promovido por organizações da sociedade civil que atuam na garantia de direitos inerentes às cidades. O ciclo de debates será realizado em três dias: 25/9, 2/10 e 9/10.

Concessão do Pacaembu deve ser votada nesta semana e terá até 35 anos

GUILHERME SETO -  FOLHA DE S. PAULO

Em reunião pela manhã desta terça-feira (29) entre o prefeito João Doria (PSDB) (PSDB) e lideranças da Câmara dos Vereadores ficou definido que o Projeto de Lei 364/2017, que trata da concessão do estádio do Pacaembu, deverá passar por segunda votação nos próximos dias.

Havia a possibilidade de que o projeto fosse votado na Câmara ainda nesta terça (29), que não se concretizou. Dessa forma, a votação deve acontecer nesta quarta (30) ou no máximo na quinta-feira (31).

Doria diz que concessão levará Bilhete Único ao celular e combaterá fraudes

GUILHERME SETO - FOLHA DE S. PAULO

O prefeito João Doria (PSDB) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) lançaram nesta segunda-feira (28) o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para a concessão do Bilhete Único.

Com o PMI, um edital de chamamento público que será publicado nesta terça-feira (29) no "Diário Oficial", os interessados poderão enviar estudos para a prefeitura e para o Estado de São Paulo sobre projetos de investimento, contrapartidas e demais ideias para a concessão.