Programa de Metas

Prefeitura de São Paulo ignora plano de resíduos

Decretado em 2014, Plano de Resíduos ficou fora do Programa de Metas da atual gestão

Por Marcelo Thomaz, da Gazeta de S. Paulo

São Paulo aprovou em 2014 seu Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS), após intenso e longo processo participativo com mais de 7 mil pessoas de diversos setores da sociedade. Sua essência é a radicalização da reutilização do que chamamos de lixo, compostando os resíduos orgânicos e recuperando os materiais recicláveis.  

Câmara recebe última Audiência Pública do Programa de Metas

DA REDAÇÃO - CÂMARA MUNICIPAL DE S. PAULO

A Câmara Municipal recebeu na tarde desta segunda-feira (24/4), a 39º e última Audiência Pública para discutir o Programa de Metas 2017-2020, apresentado pela Prefeitura de São Paulo. A Audiência geral, com cerca de 350 participantes, reuniu população, vereadores e secretários para discutir as 50 metas do Programa.

#MetasDeSP: Plantar 200 mil árvores não alterará situação preocupante da cidade

Avaliação é de organizações que avaliaram o item 27 do Programa de Metas proposto pela Prefeitura de São Paulo

Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo

Organizações que atuam na área ambiental fizeram uma análise do item do Programa de Metas proposto pela Prefeitura que prevê “plantar 200 mil árvores no município, com prioridade para as 10 prefeituras regionais com menor cobertura vegetal” (meta 27). 

#MetasDeSP: Porquê a meta para resíduos precisa ser revista

Análise do item 28 do Programa de Metas proposto pela Prefeitura, que prevê reduzir em 100 mil toneladas/ano os rejeitos de resíduos enviados a aterros municipais 

Artigo de Guilherme Turri, especialista em estratégias e mobilização social para resíduos sólidos e fundador da Sintropia Laboratório de Inteligência Social