queda

Trânsito no horário de pico segue em queda na cidade de São Paulo

Crise seria principal causa para recuo nos índices pelo terceiro ano seguido

Rogério Gentile - Folha de S. Paulo

O trânsito melhorou pelo terceiro ano consecutivo na cidade de São Paulo nos chamados horários de pico, a despeito do contínuo crescimento da frota de veículos.

Com crise, cai número de alunos na rede particular de ensino superior no País

Pela primeira vez, desde 1991, as instituições particulares não tiveram aumento de matrículas

Isabela Palhares e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

Pela primeira vez em 25 anos, o número de alunos na rede particular de ensino superior caiu no Brasil. Em 2016, as instituições privadas – que respondem por 75,3% das matrículas nessa etapa de ensino – tinham 6,05 milhões de matriculados, ou 16,5 mil estudantes a menos do que no ano anterior. A queda resultou em uma estagnação no volume de estudantes em faculdades e universidades do País. 

Nos 3 principais hospitais de SP, número de internações cai 17% em cinco anos

Houve menos 20 mil registros na soma de Hospital das Clínicas, Santa Casa e Hospital São Paulo; a explicação está na diminuição dos procedimentos eletivos (não urgentes), suspensos por falta de verba ou por readequação do serviço prestado

Fabiana Cambricoli e Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

Com crise, lentidão do trânsito em São Paulo tem maior queda em 6 anos

Média de congestionamentos no centro expandido da capital foi de 58 km ao longo do ano passado, índice 12% menor do que os 66 km medidos nas vias centrais em 2015. Dados parciais da CET até abril apontam que tendência de queda continua em 2017

Bruno Ribeiro, Fabio Leite e Priscila Mengue, O Estado de S. Paulo

Acidentes fatais caem 52% nas marginais Tietê e Pinheiros, em SP

Número de casos com mortes caiu de 64 para 31 na Tietê e na Pinheiros, um ano após a redução das velocidades; Atropelamentos quase zeraram

GIBA BERGAMIM JR., DE SÃO PAULO, E EDUARDO SCOLESE, EDITOR DE "COTIDIANO" - FOLHA DE S. PAULO

Queda de repasses estaduais faz Metrô mudar pagamentos para evitar despejo

Levantamento mostra que, desde abril, há mais de 50 pagamentos a fornecedores fora da ordem cronológica, como prevê a Lei de Licitações; empresa também fez acordos para prorrogar acerto de dívidas. Secretário admite mudanças, mas nega falta de recursos

Fabio Leite - O Estado de S. Paulo

Número de homicídios cai 7,53% na capital paulista

Secretário nega relação com aumento de mortes suspeitas; 'Estado' revelou que assassinatos não foram contabilizados nas estatísticas

RAFAEL ITALIANI - O ESTADO DE S. PAULO

Os casos de homicídio na cidade de São Paulo caíram 7,53% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo estatísticas criminais da Secretaria da Segurança Pública. Os números foram divulgados parcialmente nesta quarta-feira, 23, pelo secretário Alexandre de Moraes. Ele negou que o dado positivo tenha relação com o aumento nos registros de “mortes suspeitas”.

Homicídios caem 21% em SP em janeiro, diz governo

Dados fatiados divulgados pela gestão Alckmin já apontavam queda na capital. Roubos subiram 7,8% na Grande São Paulo; acesso a boletins de ocorrência foi alvo de polêmica após sigilo

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (25) uma diminuição de 21,2% nos casos de homicídios dolosos (intencionais) registrados no Estado no mês de janeiro deste ano, em relação ao mesmo período de 2015.

Foram 373 ocorrências no primeiro mês do ano passado contra as 294 registradas em janeiro de 2016. Cada caso pode ter mais de uma vítima.