rios

Moradores tentam barrar 'espigão' em área de nascentes na zona oeste de SP

Ainda que ele corra sem nem ser visto, nenhum rio aparece "do nada". Num pedacinho da Pompeia, bairro de classe média da zona oeste de São Paulo, o córrego da Água Preta, por exemplo, tem 13 nascentes em torno da praça Homero Silva –rebatizada pelos moradores de praça da Nascente.

Voluntários vigiam a qualidade da água dos rios de São Paulo

Ao todo, 125 grupos de observadores de rios, sob orientação da SOS Mata Atlântica, atuam em 9o corpos d’água que formam as bacias do Alto e Médio Tietê.

Por Giovana Girardi - O Estado de S. Paulo

Hidrografia de SP dobra com a descoberta de 300 ‘rios invisíveis’

Grupos se organizam para mapear córregos, riachos e nascentes espalhados pelo Município; de acordo com dados da Prefeitura, a capital tem oficialmente 287 cursos d’água, mas o número é menos da metade do que acreditam os ‘desbravadores’.

Por Edison Veiga e Daniel Bramatti

SP amplia projetos para repor mata de rios

Programa estadual prevê captar mais de R$ 100 mi para restaurar 200 km2 de áreas junto de nascentes e represas; Bacias prioritárias são Piracicaba-Capivari-Jundiaí, que abastece o Cantareira, Alto Tietê e Paraíba do Sul.

Por Marcelo Leite

Gestão Alckmin quer reverter curso de rio para amenizar crise

Objetivo do governo tucano é utilizar a água do rio São Lourenço para ampliar volume da represa Guarapiranga; Obra em área de mata atlântica é a segunda principal aposta do governo para atravessar período seco de 2015.

Por Fabrício Lobel

O governo de São Paulo estuda a reversão de um rio, ao sul da capital paulista, para amenizar a atual crise de abastecimento na Grande SP.

Água de beber?

Suja e com 58,8% de sua capacidade, represa Billings deve ser utilizada para abastecer outros reservatórios do Estado; objetivo é retirar água dos trechos mais limpos.

Por Emilio Santana e Fabrício Lobel

"Há muitos anos a tecnologia permite a transformação de água poluída em água potável através de tratamento", garante a Sabesp. "Vai precisar de muita tecnologia mesmo", desconfiam os moradores do entorno da represa Billings, na Grande São Paulo.

Projetos premiados para São Paulo preveem até rio onde há rua

Por Eduardo Geraque

Cidade mais integrada, com mais gente vivendo perto do metrô e dos corredores de ônibus, além de áreas mais sustentáveis do ponto de vista ambiental.

Todas essas intenções estão listadas no Plano Diretor de São Paulo, que acaba de ser aprovado na Câmara.

Mas como fica isso na prática? Em concurso, arquitetos fizeram propostas reais para a capital paulista, a partir dos objetivos do nova legislação, que guiará o crescimento da cidade por 16 anos.