tcm

TCM vê irregularidades e suspende novo edital de licitação dos ônibus de SP

Auditores apontaram 51 irregularidades. Prefeitura foi notificada nesta sexta.

Por Roberta Giacomoni, G1 SP

O Tribunal de Contas do Município suspendeu nesta sexta-feira (8) o novo edital de licitação do transporte público feito pela gestão do ex-prefeito João Doria (PSDB).

Os auditores do TCM apontaram 51 irregularidades, 2 a mais do que foram apontadas no edital da gestão de Fernando Haddad (PT). Doria não deu continuidade ao edital da gestão anterior.

Tribunal de Contas de São Paulo lança site para fiscalização de gastos públicos

Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCMSP) lançou hoje (12) uma ferramenta digital para pesquisa de despesas, licitações e contratações municipais, o sistema Informações e Relatórios de Interesse Social (IRIS)

A ferramenta – desenvolvida pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) e pela Subsecretaria de Fiscalização e Controle (SFC) do TCMSP – servirá para facilitar o acesso público aos dados que envolvem gastos públicos em todos os setores da administração municipal.

Prefeitura de São Paulo promove seminário sobre transparência e controle social do Plano de Metas

Evento será realizado na próxima terça-feira (27/3) em parceria com Rede Nossa São Paulo, Cidade dos Sonhos e TCM

Nesta terça-feira (27/3), das 10h às 12h, a Prefeitura de São Paulo realizará o seminário “Programa de Metas em Debate – Transparência e Controle Social”, em parceria com a Rede Nossa São Paulo; o projeto Cidade dos Sonhos; e o Tribunal de Contas do Município (TCM). 

Tribunal de Contas libera gestão Doria para fazer licitação da varrição de rua

ROGÉRIO GENTILE E ARTUR RODRIGUES - FOLHA DE S. PAULO

A pouco mais de um mês do fim do contrato de varrição, o TCM (Tribunal de Contas do Município) liberou o prosseguimento da licitação bilionária para a realização do serviço na cidade, uma das bandeiras do prefeito.

A liberação impõe uma série de condições, entre as quais está a mudança do formato de licitação e a exigência da divisão do tarefa em lotes menores. Apesar da medida, a prefeitura pode acabar tendo de fazer um contrato emergencial.

Tribunal vê risco de prejuízo e manda parar a licitação de varrição de Doria

MARIO CESAR CARVALHO E THAIS BILENKY - FOLHA DE S. PAULO

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo mandou nesta quarta (4) a prefeitura suspender a publicação do edital da licitação de varrição de ruas, um dos símbolos do prefeito João Doria (PSDB). O órgão diz que há risco de prejuízo para o poder público no modelo adotado, que divide a cidade em dois lotes. 

TCM suspende concessão de cemitérios da gestão Doria

Tribunal aponta 15 irregularidades em chamamento público aberto para receber estudos para a concessão dos 22 cemitérios e do crematório da Vila Alpina

Fabio Leite e Paula Félix, O Estado de S. Paulo

O Tribunal de Contas do Município (TCM) suspendeu nesta quinta-feira, 28, a licitação aberta pela gestão João Doria (PSDB) para que empresas apresentem estudos para a concessão dos 22 cemitérios paulistanos e do Crematório da Vila Alpina, na zona leste, à iniciativa privada.