teto de gastos

Prefeitura de São Paulo cria teto de R$ 7,7 bilhões para gastos com ônibus

Gestão estabeleceu limite de remuneração para as viações com base em um valor estimado de pessoas a serem transportadas até dezembro. Se número de viagens for maior, empresas terão de levar os passageiros, mas não receberão por isso

Bruno Ribeiro e Fabio Leite, O Estado de S. Paulo